sábado, 5 de novembro de 2011

Introdução




A Liga Revolucionária tem por tal objetivo realizar grandes mudanças nos diversos setores do desenvolvimento da nação. Tais como o Sócio econômico, a educação, saúde, segurança, os poderes executivo, legislativo e judiciário, e dos direitos civis.

A LR deverá ser composta por integrantes que tenham total devoção à sua ideologia, comprometendo-se com a própria vida em prol da transformação radical.

Das Transformações

• Economia: Socialista, que visa direitos igualitários a toda população. Dividindo-se o tesouro nacional por todos os indivíduos trabalhadores.

• Trabalho: Todo indivíduo que visa participação nos lucros do país como um todo, deve este disponibilizar-se a desempenhar tarefas pertinentes que forem necessárias ao desenvolvimento prático da nação. Assim, lhe será conferido o direito de participação nos lucros. A política de trabalho visa a ocupação de toda população, erradicando o desemprego.

Educação: Será de direito comum a cada indivíduo formação educativa-profissionalizante. Iniciada na fase pré-escolar até a formação profissionalizante e suas especificações. Isto é, não somente o ensino de 1° e 2ª Grau serão gratuitos como já estamos acostumados, mas também o ensino de 3º Grau, técnico-profissionalizante entre outras especificações.

• Saúde: Totalmente gratuita ao cidadão considerando os mais complexos casos. Redes hospitalares distribuídas estrategicamente, variando de região para região do território nacional.

• Segurança: Reestruturação de todo exército, lacrando todas as fronteiras, assim controlando a entrada de qualquer fim. Deverá também ser iniciado um processo que objetivará o fim da polícia.

• Poder executivo: Deverão ser eleitos grupos de líderes que se responsabilizarão pela organização política do estado. Portanto a velha ideia de apenas um único líder para uma nação enorme será eliminada.

• Poder legislativo: Desburocratizado e aberto a todos para criação de novas leis, que posteriormente poderão ser aprovadas pelo próprio povo, uma vez que além de estudado a fundo deve-se chegar a um determinado nível consensual para vigorar.

• Poder judiciário: Não obstante o poder judiciário estará novamente nas mãos do povo, sendo que toda punição deverá ser analisada a fundo por pessoas responsáveis por tais tarefas para que não haja injustiças.

• Tecnologias: As tecnologias a princípio serão trazidas dos outros países tecnologicamente avançados em relação ao nosso, a fim de que aprendamos e passemos a desenvolvê-la, eximindo-se ao máximo das dependências exteriores.

• Direitos civis: Os direitos serão iguais a todos.

• Parlamento: Será dissolvido o parlamento bem como os seus congressistas e afins. Sendo que tais tarefas de legislação serão transferidas ao povo.

• Democracia: Será de direito comum a todos os cidadãos o poder de legislar, manifestar-se, convocar audiências públicas e também será abolido a obrigação de votar.



Nota: Claramente que as medidas estão escritas de forma extremamente sintéticas, porém o conteúdo é classificado como uma revolução radical, tendo como base a moral e a ética. Que por sua vez visa a dizimação de um poder usado para defender os interesses aristocráticos de uma minoria, capaz de influenciar de maneira maléfica a vida das pessoas, destruindo sonhos e limitando a vida de uma nação. Pois teorias são somente teorias e de nada valem sem o sentimento pela vida humana que por sua vez, é de valor inestimável.